Um levantamento do Ministério da Saúde em 2011 revelou a redução de 27,5% no total de casos novos entre 2003 e 2009, que passaram de 51.941 casos para 37.610, respectivamente. No mesmo período, o número de serviços com pacientes em tratamento de hanseníase aumentou em 45,9%. Leia mais

O esforço para identificar os casos de Hanseníase deve começar na família e comunidade. A Pastoral da Criança colabora com a eliminação da Hanseníase de maneira concentrada e mobilizada nos municípios com muitos casos dessa doença – considerados prioritários com detecção acima de 10 casos por cada 10.000 habitantes. A meta é capacitar todos os líderes dos setores (dioceses) que contam com pelo menos um município prioritário. Seis estados contam com grande número de municípios prioritários. Por isso, serão capacitados todos os líderes dos estados do MARANHÃO, MATO GROSSO, PARÁ, PIAUI, RONDONIA e TOCANTINS. Estes 6 estados prioritários (totalizam 55 setores)

Nos demais estados, serão capacitados os lideres de todos os setores que possuem pelo menos um município prioritário. No total são 39 setores nos seguintes estados: AM, BA, CE, ES, MG, MS, PB, PE, PI, RJ e RR. Nestas localidades existem 14.686 líderes comunitários.

Meta Total: 36 mil líderes

Atividades prioritárias da Pastoral da Criança

A) Colaborar de maneira concentrada e mobilizada nos municípios prioritários (130) e nos municípios da sua região (setor) onde existem muitos casos da doença - acima de 10 casos por cada dez mil habitantes.

B) Ao fazer as visitas às famílias e pesar as crianças da Pastoral da Criança, conversar com as mães e familiares sobre a necessidade de ficar atentos às manchas, que são os sinais da doença. Os casos suspeitos são orientados para buscar imediatamente o serviço de saúde. As pessoas com a doença devem ser encorajadas para não abandonarem o tratamento.

Atividades Gerais

1. Articulação com com os programas de Saúde da Família e de Agentes Comunitários de Saúde, padres, pastores, Pastoral da Saúde, Associação de Moradores, MORHAN - Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase
2. Articulação junto aos Conselhos de Saúde para inclusão da Eliminação da Hanseníase como item de pauta

Resultados

Desde o começo desta ação, em 2005, a Pastoral da Criaça formou no Brasil centenas de multiplicadores e capacitadores. O numero de líderes capacitados é próximo de 20 mil.

Em 2012  2.173  comunidades na qual a Pastoral da Criança atua enviaram 12.816 Folhas de Acompanhamento para Eliminação da Hanseníase (FAEHS).  Neste período pessoas com hanseníase foram identificadas a partir do trabalho das líderes para ajudar na eliminação da Hanseniase. Nestas localidades, das pessoas confirmadas com a doença, 6% tem menos de 14 anos.

Com a participação ativa da comunidade conscientizada e mobilizada, é possível eliminar a doença como o fizeram outros países. Além disso é necessária a persistência e a continuidade nas ações, bem como o acompanhamento.

Acesse o Sistema de Informações da Pastoral da Criança, como visitante.  Abrir item Relatorio + Extrato Indicadores + Consulta + (escolher nível de tabulação e classificação do relatorio) + Extrato FAEH ou Forma FAEH


 
 
 
 
 

Visitantes

Temos 217 visitantes e Nenhum membro online